domingo, 3 de abril de 2011

Banida das escolas desde a ditadura, filosofia vai ter livros didáticos distribuídos na rede pública em 2012

Fonte: O Povo Online:  

A filosofia vai voltar, na prática, para o conteúdo curricular dos alunos de ensino médio, depois de 47 anos fora dos currículos das escolas de educação básica no país                                                                     03.04.2011

A filosofia vai voltar, na prática, para o conteúdo curricular dos alunos de ensino médio, depois de 47 anos fora dos currículos das escolas de educação básica no país. No ano que vem, as escolas da rede pública receberão pela primeira vez, desde a ditadura, livros didáticos da disciplina para orientar o trabalho dos professores. Foi o regime militar que baniu a filosofia das escolas.

Em 2008, uma lei trouxe de volta a filosofia e a sociologia como disciplinas obrigatórias para os estudantes do ensino médio. A professora Maria Lúcia Arruda Aranha ensinava filosofia em 1971 quando a matéria foi extinta pelo governo militar. Hoje, é uma das autoras dos livros que foram selecionados para serem distribuídos aos alunos da rede pública pelo Programa Nacional do Livro Didático (PNLD).

“Ela desapareceu (a filosofia nas escolas) na década de 70 e reapareceu como disciplina optativa em 1982. Mas, nesse meio tempo, eu continuava dando aula em escola particular. A gente ensinava, só que o nome da matéria não podia constar como filosofia”, lembra.

Ela avalia que o país “demorou demais” para incluir as duas disciplinas novamente entre as obrigatórias e ainda falta “muito chão” para que elas sejam ministradas da forma adequada. Ainda faltam professores formados na área já que, por muito tempo, não havia mercado de trabalho para os licenciados e a procura pelo curso era baixa. Em 2009, 8.264 universitários estavam matriculados em cursos superiores de filosofia – 78 vezes menos do que o total de alunos de direito.

Muitas vezes são profissionais formados em outras graduações como história ou geografia que assumem a tarefa. Os livros didáticos devem ajudar a orientar os docentes no ensino da filosofia. “O livro é muito importante porque dá uma ordenação do conteúdo e propõe como o professor pode trabalhar os principais conceitos, como o que é filosofia e a história da filosofia. Mesmo o aluno formado na área, às vezes, não está acostumado a dar aula para o ensino médio, não tem dimensão de como chegar ao aluno que nunca viu filosofia na vida”, explica.

A história da filosofia, as ideias dos principais pensadores como Platão, Kant e Descartes, servem de base para ensinar aos jovens conceitos básicos como ética, lógica e política. Mas Maria Lúcia ressalta que é muito importante conectar o conteúdo com a realidade do aluno para que ele “aprenda a filosofar”.

“O professor deve apresentar o texto dos filósofos fazendo conexões com a realidade daquele tempo em que o autor vive, mas também estimular o que se pensa sobre aquele assunto hoje. Isso desenvolve a capacidade de conceituação e a competência de argumentar de maneira crítica. Ele aprende a debater, mas também a ouvir”, compara.
Agência Brasil

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Nota veiculada pelo Prof. Walter Kohah, da UERJ, acerca do falecimento de Matthew Lipman, idealizador do primeiro programa de filosofia para crianças:


Colegas,
Uma criança chora. 
Ontem morreu Matthew Lipman, criador do programa de filosofia para crianças, nos Estados Unidos.
Sua obra excede e muito seu programa. 
Como professor e filósofo, foi generoso, comprometido e aberto.
Em 2008 publicou uma autobiografia, A Life Teaching Thinking, ainda sem tradução.
Outra criança ri. 
Está lendo Pimpa.
Walter kohan

domingo, 21 de novembro de 2010

informações importantes

Prezados amigos,
Gostaríamos de informar a todos que, a partir de quarta-feira, dia 24/11/2010, o LEEF entra em regime de trabalhos à distância.
Nos reuniremos novamente no mês de janeiro, no sábado dia 22/01/2011, as 09hs30min e no mês de fevereiro, sábado, 19/02/2011, também as 09hs30min (ambas as datas com local a definir).
O retorno das atividades presenciais será no mês de março de 2011.
Gostaríamos, também, de sugerir aos membros presenciais do LEEF, nesse período de atividades à distância, a elaboração de três oficinas ou sugestões de atividades para serem aplicadas durante o ano de 2011 nas escolas de Ensino Médio.
Nos encontros dos meses de janeiro e fevereiro pretendemos trabalhar com as oficinas elaboradas pelos integrantes, portanto, solicitamos a colaboração de todos aqueles que acreditam na importância de nosso trabalho.
Além disso, no dia 10/12/2010, sexta-feira, às 21hs, haverá o jantar de confraternização do LEEF.
A sugestão dos que estavam presentes no encontro do dia 17/12 foi que o jantar fosse em uma pizzaria (abaixo algumas sugestões de locais).
Gostaríamos que aqueles que tem intenção de comparecer ao jantar, confirmem sua presença (e a de seus respectivos cônjuges) até o dia 05/12/2010 pelo e-mail: laboratoriodeestrategiasparaoensinodefilosofia@googlegroups.com e também informem o local de sua preferência dentre os que seguem:
Pizzaria Belgrano - Bella Fornaglia – Giordani - Chama Crioula - Restaurante Alitália
Abraços a todos e aguardamos sua presença nos encontros de janeiro e fevereiro.
Andréia Borba

terça-feira, 26 de outubro de 2010

pensamentos

Transportai um punhado de terra todos os dias e fareis uma montanha.Confúcio

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Últimas Notícias: Alagamento no Nordeste - Diálogo 7

Prezados, mais um diálogo elaborado pelo LEEF.


Últimas Notícias: Alagamento no Nordeste
 
Léo: E aí Sarah! Beleza?

Sarah:  Beleza, Léo. Bah, tu viu o alagamento no Nordeste?

Léo: É mesmo? Mas cara, pensa só, o tempo que eles nao vão ir pra aula.

Sarah: Tu tá preocupado em não ir pra aula, mas tu vê, eles perderam tudo, teve até casa que caiu a parede.

Léo: Tô ligado que ficar sem casa é ruim, mas pensa na sorte, pelo menos eles não precisam ir pra aula.

Sarah: Olha, o Beto tá vindo aí, será que ele tá ligado no assunto?  E aí, Beto! Agente tava trocando uma ideia sobre a enchente no Nordeste. Tu tá ligado? A gurizada lá tão tudo sem aula . O Léo tá achando o máximo eles ficarem sem aula e até tá pensando em não ir pra aula em solidariedade. O que tu acha disso?

Beto: Ô pessoal, isso é coisa séria, a gente não brinca com isso, até morreu gente. O que vocês acham que causou a enchente?

Léo: Ô Beto! Tá de sacanagem? Até parece que tu não sabe que foi a chuva que causou a enchente. Mas isso, nada a ver, o massa é que eles não vão ter aulas.

Sarah: Estranho! Sempre chove mas nunca deu enchente.

Beto: Tipo... será que isso não tem a ver com a forma como a gente tá tratando o meio ambiente?

Sarah: Como assim?

Beto: A gente joga o lixo por aí e com a chuva isso acumula e causa entupimento. Por acaso isso não tem a ver?

Léo: Bah! O Beto tá assistindo muita TV... ou tá viajando.

Sarah: Não, ele tem razão. Ouvi dizer que quando a gente não põe o lixo no lugar certo pode causar enchente.

Léo: Como assim? Lixo é lixo e água é água. Como é que o lixo vai causar enchentes Vocês tão loucos?

Beto: Galera, a chuva carrega o lixo e ele tem que ir pra algum lugar ,que são os bueiros , que entopem e transbordam.

Léo: iiiii! Ficou muito complicado, mas pode ser que vocês tenham razão.

Sarah: Então, de quem é a responsabilidade por isso? Nossa ou do Governo?

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Espaços de acesso livre na internet com conteúdos de apoio ao ensino da filosofia

(reflexões metodológicas, textos didáticos, textos clássicos, vídeos etc).

-Livro didático público de filosofia: versão digital do livro didático desenvolvido por professores de Filosofia da rede pública de ensino do Estado do Paraná.
http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/diaadia/diadia/arquivos/File/livro_e_diretrizes/livro/filosofia/seed_filo_e_book.pdf


-Edições on line de obras filosóficas: http://ateus.net/ebooks/


-Olimpíada de Filosofia do Rio Grande do Sul: site oficial da comissão organizadora, com orientações para participação e cronograma de atividades: http://www.olimpiadadefilosofia.org/


-Portal sobre Filosofia e Educação do Programa de Pós-Graduação em Educação da UERJ (Núcleo de estudos filosóficos da infância): http://www.filoeduc.org/


- Portal de Filosofia da UFSC: disponibilioza textos e vídeos: http://www.portalfil.ufsc.br/

-NESEF (Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre o Ensino de Filosofia) UFPR: Disponibiliza reflexões sobre o ensino de filosofia: http://www.nesef.ufpr.br/


-Projeto Filosofia na Escola da UnB, Brasília: http://vsites.unb.br/fe/tef/filoesco/


- Sociedade Portuguesa de Filosofia: http://www.spfil.pt/index.html

- Páginas de Filosofia: Site com textos de filosofia que possam ser trabalhados em aula: http://paginasdefilosofia.wordpress.com/


-Dicionário Escolar de Filosofia: http://www.defnarede.com/autores.html


-Portal para downloads de vídeos sobre ética e subjetividade do canal Futura: http://www.futuratec.org.br/torrents.php?mode=category&catid=64


- Programa Ética e Cidadania - MEC: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=13607

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Valores e Educação

Quino, autor da Mafalda, no que diz respeito a valores e educação, deixou impresso no cartum o sua opinião...

Pensar, pensar

Pensar, pensar

Por Fundação José Saramago
Acho que na sociedade actual nos falta filosofia. Filosofia como espaço, lugar, método de refexão, que pode não ter um objectivo determinado, como a ciência, que avança para satisfazer objectivos. Falta-nos reflexão, pensar, precisamos do trabalho de pensar, e parece-me que, sem ideias, nao vamos a parte nenhuma.
Revista do Expresso, Portugal (entrevista), 11 de Outubro de 2008
Fonte: http://caderno.josesaramago.org/2010/06/18/pensar-pensar/